Pular para o conteúdo

Como a metodologia da aprendizagem ativa pode melhorar o seu desempenho acadêmico e profissional

Continua após a publicidade..

Você já se sentiu entediado ou desmotivado em uma aula ou curso em que o professor ou instrutor apenas fala e fala, sem dar espaço para a sua participação ou interação? Você já teve dificuldade em lembrar ou aplicar o que aprendeu em uma situação real?

Se você respondeu sim a essas perguntas, talvez você esteja precisando de uma mudança na forma como você aprende. E é aí que entra a metodologia da aprendizagem ativa.

O que são metodologias ativas de aprendizagem?

A aprendizagem ativa é uma abordagem pedagógica que coloca o aluno como protagonista do seu próprio processo de aprendizagem, estimulando-o a pensar, questionar, resolver problemas, colaborar e criar, em vez de apenas receber informações passivamente .

As metodologias ativas de aprendizagem envolvem o uso de estratégias e recursos que promovem a interação, o engajamento e a reflexão do aluno sobre o que ele está aprendendo, como por exemplo:

  • Aprendizagem baseada em projetos: os alunos desenvolvem projetos autênticos e desafiadores, que envolvem pesquisa, planejamento, execução e apresentação de soluções para questões relevantes e contextualizadas.
  • Aprendizagem baseada em problemas: os alunos são confrontados com problemas reais ou fictícios, que exigem a aplicação dos conhecimentos teóricos em contextos práticos, e que podem ser solucionados de diversas formas.
  • Aprendizagem baseada em jogos: os alunos participam de jogos educativos, que envolvem regras, objetivos, desafios, recompensas e feedbacks, e que podem ser digitais ou físicos, individuais ou coletivos, competitivos ou cooperativos.
  • Sala de aula invertida: os alunos estudam os conteúdos teóricos antes da aula, por meio de vídeos, textos, podcasts, etc, e usam o tempo da aula para realizar atividades práticas, como discussões, exercícios, projetos, etc, com o apoio do professor.
  • Aprendizagem entre pares: os alunos interagem uns com os outros, trocando ideias, experiências, dúvidas, opiniões, etc, e aprendendo uns com os outros, por meio de atividades como debates, seminários, estudos de caso, etc.
Metodologia da aprendizagem ativa: aprendizagem entre pares sala de aula invertida, aprendizagem baseada em jogos

Esses são alguns exemplos de metodologias ativas de aprendizagem, mas existem muitas outras, que podem ser adaptadas de acordo com os objetivos, os conteúdos, os níveis e os perfis dos alunos e dos professores.

A adoção de metodologias ativas na aprendizagem é considerada…

A adoção de metodologias ativas na aprendizagem é considerada uma tendência e uma necessidade na educação contemporânea, pois elas estão alinhadas com as demandas e os desafios do século XXI, que exigem dos alunos e dos profissionais competências e habilidades como:

  • Pensamento crítico: a capacidade de analisar, avaliar, questionar e argumentar sobre as informações, as situações e as decisões que envolvem o seu contexto e o seu aprendizado.
  • Criatividade: a capacidade de gerar, combinar, modificar e aplicar ideias originais e inovadoras, que possam contribuir para a solução de problemas, a melhoria de processos e a criação de produtos.
  • Comunicação: a capacidade de expressar, transmitir, receber e interpretar informações, ideias, sentimentos, etc, de forma clara, eficaz e adequada, usando diferentes linguagens e mídias.
  • Colaboração: a capacidade de trabalhar em equipe, compartilhando conhecimentos, experiências, recursos, responsabilidades, etc, e buscando objetivos comuns, respeitando as diferenças e as opiniões dos outros.
  • Autonomia: a capacidade de gerenciar o seu próprio processo de aprendizagem, definindo metas, estratégias, recursos, etc, e assumindo a responsabilidade pelos seus resultados, pelo seu desenvolvimento e pela sua melhoria contínua.

Além disso, a adoção de metodologias ativas na aprendizagem é considerada uma forma de democratizar e humanizar a educação, pois elas valorizam a diversidade, a participação, a cooperação, a inclusão e a emancipação dos alunos, que se tornam agentes ativos do seu próprio conhecimento, e não apenas receptores passivos de informações.

O que são as metodologias ativas de aprendizagem

As metodologias ativas de aprendizagem são abordagens pedagógicas que colocam o aluno como protagonista do seu próprio processo de aprendizagem, estimulando-o a pensar, questionar, resolver problemas, colaborar e criar, em vez de apenas receber informações passivamente.

Continua após a publicidade..

As metodologias ativas de aprendizagem envolvem o uso de estratégias e recursos que promovem a interação, o engajamento e a reflexão do aluno sobre o que ele está aprendendo.

Metodologias ativas de aprendizagem, facilitador e alunos discutindo o caso, através de projeções de imagens e esquemas

O jogo é uma atividade que contempla a aprendizagem porque…

O jogo é uma atividade que contempla a aprendizagem porque ele envolve elementos que favorecem o processo de aprendizagem, como:

Continua após a publicidade..
  • Curiosidade: o jogo desperta o interesse e a vontade de aprender dos alunos, que se sentem atraídos pelos desafios, pelas recompensas e pela diversão que o jogo proporciona.
  • Experimentação: o jogo permite que os alunos testem, errem, corrijam e aprendam com as suas próprias ações, que têm consequências imediatas e visíveis no jogo.
  • Feedback: o jogo oferece aos alunos informações constantes e claras sobre o seu desempenho, os seus acertos, os seus erros, os seus pontos fortes, os seus pontos fracos, etc, que podem ajudá-los a melhorar e a avançar no jogo.
  • Colaboração: o jogo estimula os alunos a trabalharem em equipe, a compartilharem conhecimentos, experiências, estratégias, recursos, etc, e a buscarem objetivos comuns, respeitando as diferenças e as opiniões dos outros.
  • Motivação: o jogo aumenta a motivação dos alunos para aprender, pois eles se sentem mais envolvidos, desafiados e reconhecidos pelo seu processo de aprendizagem, que se torna mais divertido, dinâmico e significativo.

Portanto, o jogo é uma atividade que contempla a aprendizagem porque ele envolve elementos que favorecem o processo de aprendizagem, e que podem ser usados como estratégias e recursos para aplicar as metodogias ativas.

Exemplos de estratégias e recursos utilizados na metolodologia da aprendizagem ativa

A aprendizagem ativa envolve o uso de estratégias e recursos que promovem a interação, o engajamento e a reflexão do aluno sobre o que ele está aprendendo, como por exemplo:

  • Discussões em grupo, debates, seminários e apresentações: são atividades que envolvem a comunicação oral entre os alunos, o professor e o público, sobre um tema ou problema específico. Essas atividades estimulam o desenvolvimento de habilidades como argumentação, persuasão, escuta, respeito, cooperação e síntese.
  • Estudos de caso, simulações, jogos e dramatizações: são atividades que envolvem a reprodução ou a criação de situações reais ou fictícias, que exigem a aplicação dos conhecimentos teóricos em contextos práticos. Essas atividades estimulam o desenvolvimento de habilidades como análise, solução de problemas, criatividade, tomada de decisão, empatia e expressão.
  • Pesquisas, projetos, experimentos e portfólios: são atividades que envolvem a investigação, a elaboração, a execução e a apresentação de soluções para questões relevantes e complexas, que integram diferentes conteúdos e disciplinas. Essas atividades estimulam o desenvolvimento de habilidades como planejamento, organização, pesquisa, produção, avaliação e reflexão.
  • Mapas conceituais, resumos, esquemas e infográficos: são atividades que envolvem a representação gráfica ou visual de conceitos, ideias, informações ou dados, de forma organizada, hierarquizada e integrada. Essas atividades estimulam o desenvolvimento de habilidades como compreensão, memorização, síntese, classificação e visualização.
  • Questionários, testes, autoavaliações e feedbacks: são atividades que envolvem a verificação, a revisão, a correção e a melhoria do processo e do produto da aprendizagem, por meio de perguntas, respostas, comentários e sugestões. Essas atividades estimulam o desenvolvimento de habilidades como atenção, concentração, raciocínio, metacognição e auto-regulação.
Aprendizagem, através de esquemas, mapas mentais, desafiando a criatividade dos alunos

Benefícios e vantagem da utilização da metodologia da aprendizagem ativa

A aprendizagem ativa pode trazer diversos benefícios para o seu desempenho acadêmico e profissional, como por exemplo:

  • Melhorar a sua compreensão, memorização e aplicação dos conteúdos aprendidos: isso significa que, ao participar ativamente do seu processo de aprendizagem, você consegue entender melhor os conceitos, ideias e informações que são ensinados, guardar na sua memória de forma mais duradoura e usar na prática em situações reais ou simuladas.
  • Desenvolver habilidades cognitivas, como raciocínio, análise, síntese e avaliação: isso significa que, ao ser estimulado a pensar, questionar, resolver problemas, criar e refletir sobre o que você está aprendendo, você desenvolve capacidades mentais que são importantes para o seu desenvolvimento intelectual e acadêmico.
  • Desenvolver habilidades socioemocionais, como comunicação, colaboração, criatividade e autonomia: isso significa que, ao interagir com os seus colegas, professores e demais envolvidos no seu processo de aprendizagem, você desenvolve capacidades emocionais e sociais que são importantes para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.
  • Aumentar a sua motivação, interesse e satisfação com a aprendizagem: isso significa que, ao se sentir mais envolvido, desafiado e reconhecido pelo seu processo de aprendizagem, você desenvolve uma atitude positiva e prazerosa em relação à educação, que pode influenciar na sua persistência e no seu sucesso.
  • Preparar você para os desafios e demandas do mercado de trabalho no século XXI: isso significa que, ao desenvolver as habilidades e competências que são valorizadas e requeridas pelo mundo atual e futuro, você se torna um profissional mais qualificado, adaptável e inovador, capaz de enfrentar as mudanças e as oportunidades que surgem na sua área de atuação.

Portanto, a aprendizagem ativa é uma forma de aprender que pode fazer a diferença na sua vida acadêmica e profissional, pois ela permite que você seja mais ativo, crítico, criativo e colaborativo, e que você construa o seu conhecimento de forma significativa e contextualizada.

Aprendizagem ativa através de estudo remoto com quadros e fluxograma. Anotações ativas  em caderno de notas.

Se você quer experimentar metodologia da aprendizagem ativa, você pode buscar por cursos, programas ou instituições que adotem essa abordagem, ou você pode aplicar algumas das estratégias e recursos mencionados neste artigo no seu próprio estudo. O importante é que você não seja apenas um espectador, mas um participante ativo da sua aprendizagem. 😊

Exemplos de metodologias ativas de aprendizagem

As metodologias ativas de aprendizagem podem ser aplicadas em diferentes níveis e modalidades de ensino, mas elas são especialmente adequadas para a educação profissional e tecnológica, que tem como objetivo formar profissionais qualificados, competentes e atualizados para o mercado de trabalho.

A educação profissional e tecnológica envolve cursos de qualificação, técnicos, tecnológicos e de pós-graduação, que visam desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes relacionados a uma determinada área ou profissão.

Continua após a publicidade..

Esses cursos são caracterizados por terem uma carga horária menor, uma maior flexibilidade curricular, uma maior articulação com o setor produtivo e uma maior ênfase na prática e na inovação.

Para aplicar as metodologias ativas de aprendizagem na educação profissional e tecnológica, é preciso considerar alguns aspectos, como:

Aprendizagem ativa, colocando em prática o que é ensinado remotamente.


O perfil dos alunos: os alunos da educação profissional e tecnológica geralmente são adultos, que já têm uma experiência profissional e que buscam uma formação específica e atualizada para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Portanto, é preciso respeitar a sua autonomia, valorizar a sua experiência, reconhecer as suas necessidades e expectativas, e estimular a sua participação e o seu protagonismo no processo de aprendizagem.


O perfil dos professores: os professores da educação profissional e tecnológica geralmente são profissionais da área ou profissão que lecionam, que têm uma experiência prática e que buscam uma formação pedagógica e atualizada para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Logo, é preciso que eles tenham uma postura de facilitadores, mediadores e orientadores do processo de aprendizagem, que saibam usar as metodologias ativas de forma adequada e eficaz, que estejam abertos ao diálogo e à colaboração, e que se atualizem constantemente sobre as tendências e as demandas do mercado de trabalho.


O perfil dos cursos: os cursos da educação profissional e tecnológica geralmente são voltados para uma determinada área ou profissão, que têm uma demanda e uma relevância social e econômica, e que exigem uma formação prática e inovadora.

Por isso, é preciso que os cursos tenham uma estrutura curricular flexível, que integre os conteúdos teóricos e práticos, que articule as disciplinas e os projetos, que envolva os parceiros e os empregadores, e que incentive a pesquisa e a inovação.

Continua após a publicidade..


– O perfil das metodologias: as metodologias ativas de aprendizagem geralmente são baseadas em problemas, projetos, jogos, simulações, etc, que envolvem situações reais ou fictícias, que exigem a aplicação dos conhecimentos teóricos em contextos práticos, e que podem ser solucionados de diversas formas.

Portanto, é preciso que as metodologias sejam escolhidas e adaptadas de acordo com os objetivos, os conteúdos, os níveis e os perfis dos alunos e dos professores, que sejam planejadas e executadas de forma sistemática e criteriosa, que sejam avaliadas e aprimoradas de forma contínua e participativa, e que sejam integradas com outras metodologias e recursos.

Exemplos de metodologias ativas de aprendizagem

Para ilustrar como as metodologias ativas de aprendizagem podem ser aplicadas na educação profissional e tecnológica, vamos citar alguns exemplos de cursos que usam essas metodologias:

  • Curso de qualificação em metodologias ativas de ensino-aprendizagem;
  • Curso técnico em informática;
  • Curso tecnológico em gestão ambiental.

A seguir uma tabela comparativa destes exemplos de metodologias ativas de aprendizagem, elencando as principais vantagens e desvantagens:

CursoVantagensDesvantagens
Curso de qualificação em metodologias ativas de ensino-aprendizagemCapacita os professores para usar as metodologias ativas nos seus cursos;
– Usa a sala de aula invertida, que é uma metodologia ativa;
– Possibilita a troca de experiências entre os professores.
– Requer uma boa conexão com a internet;
– Exige uma maior autonomia e responsabilidade dos professores;
– Pode ter uma limitação de vagas e de turmas.
Curso técnico em informática– Desenvolve os conhecimentos, as habilidades e as atitudes necessários para atuar na área de informática;
– Usa a aprendizagem baseada em projetos, que é uma metodologia ativa;
– Possibilita a integração entre os conteúdos teóricos e práticos, entre as disciplinas e os projetos, entre os alunos e os professores, entre a escola e o mercado de trabalho.
– Requer uma boa infraestrutura de equipamentos, materiais e espaços físicos;
– Exige uma maior dedicação e comprometimento dos alunos;
– Pode ter uma dificuldade de avaliação.
Curso tecnológico em gestão ambiental– Desenvolve os conhecimentos, as habilidades e as atitudes necessários para atuar na área de gestão ambiental;
– Usa a aprendizagem baseada em problemas, que é uma metodologia ativa;
– Possibilita a integração entre os conteúdos teóricos e práticos, entre as disciplinas e os problemas, entre os alunos e os professores, entre a escola e a sociedade.
– Requer uma boa infraestrutura de equipamentos, materiais e espaços físicos;
– Exige uma maior dedicação e comprometimento dos alunos;
– Pode ter uma dificuldade de avaliação.
Tabela comparativa de metodologias ativas de aprendizagem, vantagens e desvantagens

Leia também:

A Psicologia da Criatividade: Entendendo a Mente Criativa

10 Dicas para Despertar Sua Criatividade: Liberte a Imaginação e Inove!

Conclusão

As metodologias ativas de aprendizagem são abordagens pedagógicas que colocam o aluno como protagonista do seu próprio processo de aprendizagem, estimulando-o a pensar, questionar, resolver problemas, colaborar e criar, em vez de apenas receber informações passivamente.

As metodologias ativas de aprendizagem envolvem o uso de estratégias e recursos que promovem a interação, o engajamento e a reflexão do aluno sobre o que ele está aprendendo, como por exemplo: aprendizagem baseada em projetos, aprendizagem baseada em problemas, aprendizagem baseada em jogos, sala de aula invertida, aprendizagem entre pares, etc.

A adoção de metodologias ativas na aprendizagem é considerada uma tendência e uma necessidade na educação contemporânea, pois elas estão alinhadas com as demandas e os desafios do século XXI, que exigem dos alunos e dos profissionais competências e habilidades como: pensamento crítico, criatividade, comunicação, colaboração e autonomia.

Além disso, a adoção de metodologias ativas na aprendizagem é considerada uma forma de democratizar e humanizar a educação, pois elas valorizam a diversidade, a participação, a cooperação, a inclusão e a emancipação dos alunos, que se tornam agentes ativos do seu próprio conhecimento, e não apenas receptores passivos de informações.

Continua após a publicidade..

A metodologia ativa é importante no processo de aprendizagem porque ela pode trazer diversos benefícios para os alunos, os professores e a sociedade.

As metodologias ativas de aprendizagem podem ser aplicadas em diferentes níveis e modalidades de ensino, mas elas são especialmente adequadas para a educação profissional e tecnológica, que tem como objetivo formar profissionais qualificados, competentes e atualizados para o mercado de trabalho.

A educação profissional e tecnológica envolve cursos de qualificação, técnicos, tecnológicos e de pós-graduação, que visam desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes relacionados a uma determinada área ou profissão.

Esses cursos são caracterizados por terem uma carga horária menor, uma maior flexibilidade curricular, uma maior articulação com o setor produtivo e uma maior ênfase na prática e na inovação.

Para aplicar as metodologias ativas de aprendizagem na educação profissional e tecnológica, é preciso considerar alguns aspectos, como: o perfil dos alunos, o perfil dos professores, o perfil dos cursos e o perfil das metodologias.

Alguns exemplos de cursos que usam as metodologias ativas de aprendizagem são: curso de qualificação em metodologias ativas de ensino-aprendizagem, curso técnico em informática, curso tecnológico em gestão ambiental, etc.

Referências

Artigos interessantes sobre o tema:

Compartilhe nas redes:

Paula Nobre

Paula Nobre

Por meio de seus textos inspiradores e conteúdos motivacionais, Paula Nobre continua a expandir horizontes, tocando a vida de muitas pessoas, ajudando-as a encontrar sua própria voz e a viver uma vida autêntica e significativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *